NINpt

Comunidade Portuguesa de Nine Inch Nails
 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 NIN e o Futuro da Industria

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Aliendreams



Número de Mensagens : 6
Data de inscrição : 04/06/2008

MensagemAssunto: NIN e o Futuro da Industria   Seg Jun 16 2008, 19:43

Para lançar debate, se alguém quiser partilhar ideias:

Para quem segue noticias sobre os nin é facil notar que com a queda (cada vez pior) da industria musical, os nin são pioneiros na procura de um novo modelo de produção e distribuição de musica.

O que pensam dos esforços do TR neste aspecto (tanto em lançamentos de NIN como Saul Williams)? E quanto a outros casos (Radiohead, Madonna, etc)? Qual acham ser o futuro desta industria? A musica deveria ser gratuita? O que fazer então com os direitos de autor?

Este assunto tem-me interessado ao ponto de pensar mesmo em fazer no futuro um trabalho para a faculdade sobre isto, por isso gostava de ouvir opiniões.

Algumas links (a maioria descobertas através da NIN Hotline, por isso podem não ser novidade para este forum Wink

The life and crimes of the music biz

... a Brief History of Record Industry Suicide

Frustration and Fury: Take It. It’s Free

Trent Reznor: Radiohead's 'In Rainbows' promotion was 'insincere'

Audio: What Trent Reznor said to News.com

Quem quiser partilhar mais links, são bem vindas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
portluis

avatar

Masculino Número de Mensagens : 174
Idade : 28
Localização : Aveiro
A ouvir: : Opeth
Data de inscrição : 02/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Seg Jun 16 2008, 20:09

acho q a única banda no mundo q dá musica gratuita em boa qualidade é sem dúvida os NIN... Trent SEMPRE pensa nos fas, coisa q pouco músicos fazem!!

agora falando do futuro e a onde pode parar tudo isto.. acho mto cedo ainda para falar desse tema!, mas é obvio q a industria musical vai dar uma volta d 360º!, é só esperar n se pode dizer nada ainda!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.dreamtheater.com.ve
Real_nono

avatar

Feminino Número de Mensagens : 95
Localização : Lisboa
A ouvir: : http://www.last.fm/user/LAbrantes
Data de inscrição : 02/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Seg Jun 16 2008, 20:38

Aliendreams escreveu:
Para lançar debate, se alguém quiser partilhar ideias:

Para quem segue noticias sobre os nin é facil notar que com a queda (cada vez pior) da industria musical, os nin são pioneiros na procura de um novo modelo de produção e distribuição de musica.

O que pensam dos esforços do TR neste aspecto (tanto em lançamentos de NIN como Saul Williams)? E quanto a outros casos (Radiohead, Madonna, etc)? Qual acham ser o futuro desta industria? A musica deveria ser gratuita? O que fazer então com os direitos de autor?

Este assunto tem-me interessado ao ponto de pensar mesmo em fazer no futuro um trabalho para a faculdade sobre isto, por isso gostava de ouvir opiniões.

Quem quiser partilhar mais links, são bem vindas.

Acho excelente este tema que acabas de lançar. Por acaso tenho pensado bastante nele, especialmente por pertencer a outra geração, daquela que ainda esperava impacientemente pelo lançamento de um album para o desfrutar pela primeira vez. Antes de ter acesso à internet (sim, sou assim tão velha!)

Apesar de aceder, como quase toda a gente, às vantagens do mundo digital e da "pirataria", não consigo deixar de me sentir algo culpada por estar a usufruir de algo que custou a alguém criar. A ideia de toda a arte ser gratuita é muito bonita, mas no fundo, acho que um escritor/músico/artista deve ser recompensado pelo seu trabalho.

Simultaneamente, a ideia de partilha de música na net não é muito distante do que se fazia nos longínquos anos 80 e inícios dos 90 em uma pessoa tinha o disco e os restantes amigos gravavam k7, apenas hoje a qualidade é muito superior!

E nesse sentido, a ideia das licenças creative commons é bastante interessante, desde que não seja com fins comerciais, porque no fundo, aceita a ideia da partilha de bens culturais ou científicos, desde que seja devidamente reconhecida a autoria.

Voltando a NIN, acho naturalmente o que ele está a fazer excelente. Acho também que ele está a experimentar e decidamente tem os fans em alta consideração, o que não acontece com tantos outros.

Por outro lado, se realmente queres fazer um trabalho para a faculdade, poderias tentar ver outros artistas, porque apesar de ser bem notório o que NIN está a fazer, há outras bandas a tomar caminhos alternativos.

Estou a pensar, por exemplo, em Einstürzende Neubauten, que já há alguns anos têm vindo a lançar albuns de forma pouco ortodoxa. Ou seja, como não têm o suporte de uma editora, conseguiram a ajuda directa dos fans, que avançaram com dinheiro de modo a eles poderem gravar o disco. Em compensação, os fans tiveram acesso directo e exclusivo às diferentes etapas da gravação (através de video) e no final receberam os albuns (este sistema teve 3 fases, se não me engano) em exclusivo, ou seja, para além de um album público, tiveram discos que não estão à venda da forma tradicional.

E com certeza há outras a fazer coisas do género. Se calhar não são é tão imediatas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://perpetuummobile11.wordpress.com/
Mr. Self Destruct
Admin
avatar

Masculino Número de Mensagens : 289
Idade : 27
Localização : Beja/Abrantes
Data de inscrição : 15/05/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Ter Jun 17 2008, 15:15

Excelente tópico Wink

Eu acho que a musica ja é gratuita ha uns bons anos, apenas não oficialmente. Ha muito pouca gente que tem problemas em fazer o download ilegal de musicas, até porque o preço dos cd's não é assim tão acessivel.
Ora se qualquer um consegue fazer o download de um album, o melhor será as bandas cederem, e disponiblizarem o album elas proprias.

No futuro penso que todas as bandas irão lançar os seus albuns online. Isso não vai ser de um momento para o outro, mas vamos chegar la. Talvez comecem a "dar" primeiro apenas os singles, por exemplo.

Acredito que dentro de 10 anos ou menos todos os albuns será disponiblizados gratuitamente na internet. Não acredito que os albuns acabem, mas talvez fiquem mais dificeis de encontrar, e também mais baratos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/profile.php?id=100000562872828
Jasneves



Masculino Número de Mensagens : 7
Idade : 26
Localização : Aveiro
Data de inscrição : 03/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Ter Jun 17 2008, 17:42

Na minha modesta opinião, espero que a música seja "purificada", que haja uma separação do fazer arte do fazer dinheiro.

O facto de os últimos albuns de NIN terem sido lançados com uma licenca Creative Commons (Google it), que é uma alternativa ao velhinho Copyright, permitindo que os fãs partilhem a música, remisturem a música e façam tudo o que quiserem, desde que não seja para fins comerciais e que dêm os respectivos créditos aos NIN, e tudo isto de uma maneira completamente LEGAL.

Alguns de vós devem ter conhecido o Oink, um site de partilha de músicas através de .torrents, onde se poderia encontrar e pedir todas as músicas que se queria, em alta qualidade (FLAC, MP3 @320kbps, entre outros) e onde haviam sempre mais Seeds que Leechers. Como diz num dos artigos que o Aliendreams mencionou, e que eu já conhecia, o Oink foi extinto, infelizmente. Era um site ao serviço dos fãs, e do qual até o Mr Trent era membro!

Penso que sites como esses serão o futuro da distribuição da música, de uma maneira legal, usando CC, e que os concertos e merchandising serão as principais fontes de rendimento das bandas, com os CD e Vinis a adquirirem um estatuto de algo exclusivo para os colecionadores, vendidos a preços de colecionador (e lamento informar, preços de colecionador são muito superiores aos já exagerados 20€ a que nos habituámos).


Última edição por Jasneves em Ter Jun 17 2008, 17:59, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.last.fm/users/wadjet
Aliendreams



Número de Mensagens : 6
Data de inscrição : 04/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Ter Jun 17 2008, 17:48

nota: Era interessante ouvir opiniões de alguem com projectos proprios que estejam a começar, ou com bandas de garagem que tentem promover.

Mr. Self Destruct:
Concordo ctg quanto ao preço dos cds. as leis da oferta e da procura falharam aqui algures. 20€ por um cd quando o preço de produção de cada unidade ronda alguns centimos. O argumento das editoras prende-se sempre com custos de produção e promoção - o que de certeza que não fica barato, mas a margem extra que estamos a pagar em muito excede de certeza esses custos. O argumento de que ao comprar um cd estamos a suportar as bandas também não pega, o unico retorno que os musicos têm costuma ser do merchandising vendido nos concertos e lojas on-line.

Mas também temos de ver o outro lado da questão: não me parece que baste disponibilizar os albuns de forma gratuita. Embora a ideia do T.Reznor a trabalhar no McDonalds em part-time tenha alguma piada, é preciso existir algum retorno. Porque é facil criticar o preço dos cds, os excessos de uma industria que se preocupa mais em promover imagens do que em produzir música com algum conteúdo, mas tem de existir uma estrutura, um modelo de negócio que torne tudo sustentável.

Real_nono:
"a ideia de partilha de música na net não é muito distante do que se fazia nos longínquos anos 80 e inícios dos 90 em uma pessoa tinha o disco e os restantes amigos gravavam k7"

O debate é exactamente o mesmo! só que desta vez este problema veio cair num contexto diferente. As vendas de cds estão em queda livre e as editoras culpam a pirataria: mas não será talvez a pirataria um reflexo da forma como as proprias editoras tratam a musica?

Clones de bandas que por alguma razão tiveram sucesso sucedem-se e saturam rapidamente o mercado e os ouvidos dos melhores fãs (alguem se lembra duma coisa chamada nu-metal?). Existe uma enorme resistencia à mudança. Muitas destas "bandas" nem sequer o são na realidade. Recrutadas de agencias de modelos, aprendem a mover os labios ao som de uma batida que um produtor famoso qualquer usou na semana anterior para o ultimo exito de outra banda qualquer que agora sai pela porta. A musica (tal como o cinema, e a maior parte do entertenimento mainstream) é pensada para vender na primeira semana - se isso não acontecer, foi um fracasso. Já não há tempo para amadurecer o som nem para amadurecer os fãs. Não existe investimento real, porque tudo é pensado para gratificação instantânea.

Se do lado de quem produz a dita cultura existe esta lógica de musica fast-food, porque esperam que do lado de quem ouve seja diferente?

Gostei da iniciativa Creative Commons, mas resolve apenas uma parte do problema, a dos direitos de autor. Continua a ser necessária uma forma de rentabilizar sem explorar artistas ou fãs.

Os Einsturzende Neubauten são realmente um bom modelo, mas tal como os NIN também já contavam com muitos anos de carreira antes de se atirarem à selva. O público a que se dirigem terá também provavelmente um perfil diferente, que lhes permite contar com esse apoio. Voltando ao mainstream, será que esse modelo seria aplicavel em larga escala?

portluis:
Concordo que é cedo para tirar conclusões, mas parece-me que já é até muito tarde para começar a pensar no problema. talvez se já tivessemos pensado e reclamado antes não estariamos agora a pagar +20€ por cd, com a unica alternativa ser a de sermos rotulados de ladrões em anuncios idiotas que somos obrigados a ver quando compramos um dvd... (alguém reparou na falta de senso?)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Real_nono

avatar

Feminino Número de Mensagens : 95
Localização : Lisboa
A ouvir: : http://www.last.fm/user/LAbrantes
Data de inscrição : 02/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Ter Jun 17 2008, 18:10

Concordo com muito daquilo que dizes, Aliendreams.

Acho que a ideia da Creative commons serve algum propósito daquilo que muitos dos artistas pretendem, o reconhecimento por um lado da autoria e aquela ideia de mostrar ao mundo a sua criação. Mas não soluciona a ideia de retribuição.
Por outro lado, há qualquer coisa de perverso na ideia de poder distribuir e usar a música como bem entendes, desde que menciones a autoria do artista. Volta e meia vais ver um anúncio de fraldas e ouvir como música de fundo o 28 Ghosts IV.

Uma coisa a ter em conta é que realmente estas acções sairam de bandas já com anos de experiência, como bem disseste - Radiohead (apesar do recuo), NIN, Einstürzende Neubauten - e se calhar, o futuro passa exactamente por estabelecer uma relação mais próxima com o público ou se preferires com a base de fans.

Se calhar com o mainstream, as coisas se venham a passar de maneira diferente. Mas a própria ideia subjacente ao mainstream é volátil e por isso dificil de prever.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://perpetuummobile11.wordpress.com/
Aliendreams



Número de Mensagens : 6
Data de inscrição : 04/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Ter Jun 17 2008, 18:21

Jasneves escreveu:
Na minha modesta opinião, espero que a música seja "purificada", que haja uma separação do fazer arte do fazer dinheiro.

Porquê? Até Bethoven tinha de comer Wink
Percebo a ideia, e de certa forma até já corresponde à realidade. É o que os NIN tentam agora fazer, e o que muitos outros artistas fora das grandes editoras defendem ao decidir tomar um caminho à margem do sistema. Mas por muito "puros" que procurem ser, continuam a precisar de apoio financeiro. E ao tomarem esta decisão, têm praticamente o mundo contra eles, porque não deixam de competir com as editoras, com o mainstream, com a musica "para fazer dinheiro" que passa 24h/dia na MTV. Normalmente acabam por desaparecer ou encontrar nichos de mercado - nichos esses que crescem até se tornarem relevantes o suficiente para serem explorados pelo mercado...

Lembrei-me agora, se estiverem interessados nesta questão procurem um documentário "Merchants of Cool" da PBS. Podem ve-lo completo no proprio site da PBS

http://www.pbs.org/wgbh/pages/frontline/shows/cool/view/

Se não tiverem pachorra, vejam penos menos o capitulo final "Teen Rebellion: Just another product". Vale a pena. Mas não é essa distinção parte do problema? Será que não é possivel para um artista fazer a musica que gosta, sem se sentir pressionado a corresponder às expectativas de editoras, do mercado, do que quer que seja, e ter sucesso financeiro com isso? E quem decidia o que é a "musica pura" e a musica "só para fazer dinheiro" ? Onde e como traçavas a fronteira entre os dois tipos de musica? Será assim tão simples? Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Aliendreams



Número de Mensagens : 6
Data de inscrição : 04/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Ter Jun 17 2008, 18:30

Real_nono escreveu:
... Volta e meia vais ver um anúncio de fraldas e ouvir como música de fundo o 28 Ghosts IV.

LOL Shocked olha que não ficava nada mal...

Real_nono escreveu:
... e se calhar, o futuro passa exactamente por estabelecer uma relação mais próxima com o público ou se preferires com a base de fans.

Acho que tens toda a razão neste ponto. Mas para isso o intermediario (as editoras) têm de cortar toda a gordura que acrescentam ao processo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Real_nono

avatar

Feminino Número de Mensagens : 95
Localização : Lisboa
A ouvir: : http://www.last.fm/user/LAbrantes
Data de inscrição : 02/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Ter Jun 17 2008, 20:48

Aliendreams escreveu:

Acho que tens toda a razão neste ponto. Mas para isso o intermediario (as editoras) têm de cortar toda a gordura que acrescentam ao processo...

Ou simplesmente os artistas cortarem com as editoras...

Uma coisa a acrescentar a esta discussão:

Noutro dia falava com uma amiga que tem alguma resistência ao mundo virtual e digital, - mas que apesar disso é como toda a gente e vai sacando, ou pedindo aos amigos para sacarem por ela - e chegámos à conclusão que é demasiada coisa ao mesmo tempo, a informação é tanta e tão rápida e simultaneamente tão frágil (porque não existe fisicamente) que sentimos alguma dificuldade em absorver um album de cada vez.

A própria ideia de album talvez desapareça, pelo menos no formato que estamos habituados.

De qualquer maneira, pessoalmente, a ligação que estabeleço com um determinado album é mais forte quando o tenho fisicamente. Daí que opte sempre por comprar o cd quando realmente gosto dele.

Deixo aqui uma entrevista interessante com o Blixa Bargeld que expõe alguns pontos negros da situação da Indústria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://perpetuummobile11.wordpress.com/
vanessa
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1488
Idade : 26
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Qua Out 22 2008, 17:30

Olá olá.
só reparei agora neste tópico, e vou deixar aqui o que o "sábio" Rob Sheridan (Wink) disse sobre este mesmo assunto:





Demonbaby blogger Rob Sheridan has written a great piece on the death and re-birth of the music industry, prompted by the closing of oink, which he and music fans everywhere are furious about. Sheridan lays out what fans can do to support their favorite artists without supporting the major labels or the RIAA. He suggests we:

1. Stop buying music from major labels. Period.

“The only way to force change is to hit the labels where it hurts - their profits. The major labels are like Terry Schiavo right now - they’re on life support, drooling in a coma, while white-haired guys in suits try and change the laws to keep them alive. But any rational person can see that it’s too late, and it’s time to pull out the feeding tube. In this case, the feeding tube is your money.”

2. Support artists directly.

“Here’s a little secret: Anything a band sells that does not have music on it is outside the reach of the record label, and monetarily supports the artist more than buying a CD ever would. T-shirts, posters, hats, keychains, stickers, etc. Send the band a letter telling them that you’re no longer going to be purchasing their music, but you will be listening to it, and you will be spreading the word and supporting them in other ways… If you like bands who are releasing music on open, non-RIAA indie labels, buy their albums!”

3. Get the message out.

“Get this message out to as many people as you can - spread the word on your blog or your MySpace, and more importantly, tell your friends at work, or your family members, people who might not be as tuned into the internet as you are.”

4. Get political.

“The fast-track to ending all this nonsense is changing intellectual property laws. The RIAA lobbies politicians to manipulate copyright laws for their own interests, so voters need to lobby politicians for the peoples’ interests.”

I’ll be talking more about how the new music industry can and is growing from the ashes of the old one on Tuesday in California at Business of Software 2007, because the cultural divide Rob talks about in this article, one of the main themes in my book, is something the software industry, and every other industry needs to understand, and they need to understand it quickly. Read the Demonbaby piece, it’s a good start.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1488
Idade : 26
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Qui Fev 05 2009, 22:36

Pelo NINHOTLINE deparei-me com este senhor: Mike Masnick.
Parece que ele anda por ai a fazer uma apresentação, provando que o Trent Reznor é o futuro da Industria.

Em 250 slides (salvo erro) mostra o porquê e como Trent é o futuro da industria musical.

Recomendo o vídeo.
sim, 15 minutos, mas passam a voar por causa da forma informal/descontraída do discurso.




Mike já tinha escrito no seu blog várias entradas sobre este mesmo assunto.
se quiserem podem dar uma vista de olhos

_________________
NINPT AGORA TEM UM SITE, VISITA-NOS!
www.ninpt.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DeadInHolyWood

avatar

Masculino Número de Mensagens : 779
Idade : 28
Localização : Montijeeee
Data de inscrição : 12/09/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sex Fev 06 2009, 14:19

gostei! 15 minutos que passam num instante mesmo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ghost

avatar

Feminino Número de Mensagens : 351
Idade : 31
Data de inscrição : 27/11/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sex Fev 13 2009, 05:41

Very Happy Um génio /venia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://twitter.com/sophiallergies
hollyburns



Feminino Número de Mensagens : 44
Data de inscrição : 20/05/2009

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sab Jun 20 2009, 16:57

vanessa mota escreveu:





Alguém sabe explicar-me afinal o que se passou com o ''Jogo do Year Zero''?


Última edição por hollyburns em Sab Jun 20 2009, 20:25, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1488
Idade : 26
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sab Jun 20 2009, 19:29

Boa pergunta.

_________________
NINPT AGORA TEM UM SITE, VISITA-NOS!
www.ninpt.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
hollyburns



Feminino Número de Mensagens : 44
Data de inscrição : 20/05/2009

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sab Jun 20 2009, 20:25

vanessa mota escreveu:
Boa pergunta.

... existe alguma coisa que não me tenha apercebido? lol
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1488
Idade : 26
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sab Jun 20 2009, 20:27

tou neste preciso momento a pesquisar. mas quem souber de algo, por favor diga. só me poupa trabalho x)

_________________
NINPT AGORA TEM UM SITE, VISITA-NOS!
www.ninpt.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
hollyburns



Feminino Número de Mensagens : 44
Data de inscrição : 20/05/2009

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sab Jun 20 2009, 20:32

vanessa mota escreveu:
tou neste preciso momento a pesquisar. mas quem souber de algo, por favor diga. só me poupa trabalho x)

Obrigada mesmo. Eu só pergunto isto porque, um dia destes encontrei uma Blitz, a Edição de Março do ano passado, e um dos títulos da capa era ''Nine Inch Nails: O Jogo Esotérico do Trent Reznor.''
Eu não me lembro mesmo de ter comprado a revista, muito menos uma edição que tinha NIN. É claro que fui logo ler aquilo, e fiquei um bocadinho baralhada com ''o jogo da realidade'' ... Não sei.
Estou intrigada com isto e vou tentar acompanhar as tuas pesquisas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1488
Idade : 26
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sab Jun 20 2009, 20:42

tudo o que encontrei são naqueles sites básicos, o oficial e o wikipédia, ainda tenho de ler.
Mesmo assim, faca aqui os links:

site oficial: http://www.42entertainment.com/yearzero/
wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Year_Zero_(alternate_reality_game)

_________________
NINPT AGORA TEM UM SITE, VISITA-NOS!
www.ninpt.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
hollyburns



Feminino Número de Mensagens : 44
Data de inscrição : 20/05/2009

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sab Jun 20 2009, 20:44

vanessa mota escreveu:
tudo o que encontrei são naqueles sites básicos, o oficial e o wikipédia, ainda tenho de ler.
Mesmo assim, faca aqui os links:

site oficial: http://www.42entertainment.com/yearzero/
wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Year_Zero_(alternate_reality_game)

De qualquer das maneiras foi tempo que dedicaste, thanks again Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1488
Idade : 26
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Sab Jun 20 2009, 20:50

ainda tou a ver mais. Wink
qualquer coisa vou actualizando esse meu post Smile

_________________
NINPT AGORA TEM UM SITE, VISITA-NOS!
www.ninpt.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1488
Idade : 26
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Qui Jul 16 2009, 00:48

Citação :
Um fã de NIN disponibilizou uma pesquisa na internet sobre ARGs e o “Year Zero”, pois esse é o estudo de caso de sua dissertação de mestrado em Ciências da Comunicação pela USP.
Ele disponibilizou um formulário para que os fãs respondam perguntas simples sobre o assunto.

Se quiseres colaborar é só clicar no link e responder as perguntas:
https://spreadsheets.google.com/viewform?formkey=dG9CWkpaZTJQeDlfdWtKbGxfa2FEN1E6MA

_________________
NINPT AGORA TEM UM SITE, VISITA-NOS!
www.ninpt.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Leaving_Hope

avatar

Masculino Número de Mensagens : 215
Idade : 26
Localização : somewhere only we know
A ouvir: : o outro lado
Data de inscrição : 26/01/2009

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Qui Jul 16 2009, 01:42

http://www.ninwiki.com/Timeline_of_Year_Zero_Discovery

Smile
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
vanessa
Admin
avatar

Feminino Número de Mensagens : 1488
Idade : 26
Data de inscrição : 17/06/2008

MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   Qui Jul 16 2009, 01:43

nice, thanks Very Happy

_________________
NINPT AGORA TEM UM SITE, VISITA-NOS!
www.ninpt.com
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: NIN e o Futuro da Industria   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
NIN e o Futuro da Industria
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Regresso ao Futuro
» Xampu Georg Listing pois é agora estão na industria de cosméticos
» Imagine | Seu futuro marido...
» Adote um (futuro) baixista
» Dubai uma cidade futurista

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
NINpt :: Nine Inch Nails :: A Banda-
Ir para: